Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Revistas > Edição 33 - Abril de 2006
Início do conteúdo da página

Edição 33 - Abril de 2006

Publicado: Quarta, 16 de Novembro de 2016, 13h46 | Última atualização em Terça, 17 de Janeiro de 2017, 13h12 | Acessos: 99

Nossos Meios RBC RevAbr2006 RBC33


CAPA:Foto da peça o Mágico de Oz encenada no teatro do Instituto Benjamin Constant - Autora: Marlíria Carneiro

SEÇÕES:

EDITORIAL

EXPEDIENTE

LEITURA

INFORME

SAIU NA IMPRENSA


ARTIGOS:

Ver e não ver: Sobre o corpo como suporte da percepção entre jovens deficientes visuais

Autor: Marcia Moraes

Resumo: Este trabalho teve como objetivo investigar o papel do corpo como suporte da percepção entre jovens deficientes visuais. O levantamento bibliográfico indicou que, na história da psicologia, o século XIX é um marco nas pesquisas sobre percepção, uma vez que, através da fisiologia experimental, o corpo fisiológico, mecanicamente concebido, é considerado o suporte e o fundamento da percepção. Diferentemente desta abordagem, nosso trabalho de pesquisa aponta para o corpo vivido, como o solo a partir do qual se constrói a percepção. O trabalho de campo seguiu uma postura etnográfica e foi desenvolvido através da observação participante de um grupo de teatro formado por deficientes visuais, com idades entre 10 e 16 anos. Os resultados sublinham a importância da redefinição do corpo como suporte da percepção.

Estimulação Precoce: Sua contribuição no desenvolvimento motor e cognitivo da criança cega congênita nos dois primeiros anos de vida

Autores: Maria Rita Campello Rodrigues e Nilza Magalhães Macário

Resumo: Este artigo relata pesquisa que investiga a forma pela qual a Estimulação Precoce pode contribuir para o desenvolvimento motor e cognitivo da criança cega congênita, em seus dois primeiros anos de vida, objetivando a elaboração e divulgação de um Roteiro de Procedimentos e Atividades, como forma de contribuir para novos estudos e auxiliar profissionais da área da Educação e da Saúde, que se deparem com esta problemática, roteiro a ser devidamente adaptado.

Avaliação de periódico científico na área de educação especial: aspectos formais da revista Benjamin Constant

Autores: Maria Cristina Piumbato Innocentini Hayashi, Carlos Roberto Massao Hayashi, Maycke Young de Lima, Márcia Regina da Silva e Érica Aparecida Garrutti

Resumo: A avaliação de um periódico é de fundamental importância para medirmos a qualidade das pesquisas, assim como sua confiabilidade e seriedade. Este artigo avalia a publicação da revista Benjamin Constant, quanto a seus aspectos formais. O objetivo aqui é identificar aqueles a serem melhorados e os já adequados às formalidades do universo das publicações científicas, através da aplicação de uma metodologia para análise de periódicos, que possibilita a identificação de tais aspectos. Conclui-se que o periódico analisado já atingiu alguns quesitos, mas ainda precisa adequar-se a outros devidamente descritos no trabalho.

PEÇA JÁ O SEU EXEMPLAR:

Envie seu E-Mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.


ATENÇÃO:

Recadastramento

Estamos atualizando nosso cadastro de assinantes. Envie o formulário com seus dados atualizados, caso você queira continuar recebendo a revista.

 

Fim do conteúdo da página