Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Revistas > Edição 07 - Setembro de 1997
Início do conteúdo da página

Edição 07 - Setembro de 1997

Publicado: Quinta, 10 de Novembro de 2016, 13h07 | Última atualização em Terça, 17 de Janeiro de 2017, 14h44 | Acessos: 491

Nossos Meios RBC RevSet1997 RBC07

CAPA: "O Eremita", escultura de Márcia Benevides, psicóloga de 28 anos, cega há 2.

EDITORIAL
INFORME
CARTAS
LIVROS
IBC DIRETO

ARTIGOS:
Níveis seqüenciais do desenvolvimento da preensão
Autora: Rhoda Priest Eehardt

Resumo: Este artigo compara os estudos de Gesell, Piaget e Halverson sobre o desenvolvimento da preensão do bebê humano e relaciona as teorias com aplicações clínicas. Um quadro descritivo ilustra técnicas de tratamento e sugere atividades de estimulação para cada fase do desenvolvimento; seu uso é demonstrado por um estudo de caso com quatro anos de aplicação clínica.

Deficiência visual e Educação Sexual: A Trajetória dos Preconceitos – Ontem e Hoje
Autora: Maria Alves de Toledo Bruns

Resumo: O objetivo deste estudo foi conhecer e compreender a orientação sexual propiciada por mães de filhos portadores de deficiência visual. Na perspectiva fenomenológica, analisaram-se vinte discursos de mães de deficientes visuais. As recorrências nos vários discursos permitiram conhecer que a desinformação sobre a sexualidade em geral impede o diálogo entre mãe e filho(a). Estas recorrências evidenciam igualmente que a repressão sexual alicerça os estigmas e os preconceitos da educação sexual de deficientes visuais.

Vamos jogar GOALBALL?
Autor: Antonio João Menescal Conde, diretor do Departamento Técnico-Especializado do IBC

Resumo: Definição e regras da modalidade desportiva denominada goalball, desenvolvida especificamente para pessoas cegas e portadoras de visão subnormal.

Prevalência de tracoma em pré-escolares e escolares no município de Duque de Caxias
Autores: Abelardo de Souza Couto Júnior, Tânia Guidugli e Marinho Jorge Scarpi

Resumo: No presente trabalho estudou-se a prevalência do tracoma no Município de Duque de Caxias - RJ, comparando-se seus 4 distritos. Foram examinados 1834 crianças e adolescentes, proporcionalmente distribuídos entre estes distritos, encontrando-se uma prevalência de Tracoma Folicular (TF) de 8,78%, estatística e significativamente maior em zona rural.
O diagnóstico clínico de TF foi confirmado laboratorialmente em 71,43% dos casos, através da citologia pelo anticorpo monoclonal fluorescente para Chlamydia trachomatis.

RELATO:
C:\> DOSVOX: o que você deseja?
Marcelo Luiz Pimentel Pinheiro

PERFIL:
Um perfil de sucesso
Eurico Carvalho da Cunha

PALAVRA FINAL - Antonio João Menescal Conde

Fim do conteúdo da página