Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser! Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Perguntas Frequentes
Início do conteúdo da página

Perguntas Frequentes

Avaliação do Usuário: 3 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela inativaEstrela inativa
 
Publicado: Terça, 21 de Junho de 2016, 14h52 | Última atualização em Quarta, 08 de Setembro de 2021, 12h05 | Acessos: 8648

Nesta seção são divulgadas as perguntas frequentes sobre o Instituto Benjamin Constant e ações no âmbito de sua competência.


ENSINO (educação básica)

1) Quem pode se matricular na escola do IBC?

Qualquer estudante cego ou com baixa visão pode se candidatar a uma vaga na educação infantil, no ensino fundamental ou nos cursos técnicos de nível médio integrados, subsequentes e concomitantes. O número de vagas disponíveis, bem como a data para inscrição no processo seletivo constarão no edital de matrículas do ano vigente.

2) Quando são feitas as matrículas na educação básica no IBC?

Anualmente, no início do ano letivo, por meio de processo seletivo disciplinado por edital. 

3) É possível a transferência de aluno de outra escola para o IBC em qualquer época do ano? 

Sim, desde que sejam alunos com deficiência visual e estejam cursando qualquer das etapas da educação básica. O estudante matriculado em outra escola poderá pedir transferência para a escola do IBC nos períodos específicos para este processo.

4) Para ingressar nos cursos técnicos do IBC é necessário fazer alguma prova? 

Há um processo seletivo diferente para cada um dos cursos técnicos, mas, em geral, há uma avaliação que relaciona as habilidades do estudante com a área do curso técnico pretendido.

5) O IBC oferece curso técnico a distância?

Não. O IBC não possui cursos técnicos na modalidade de educação a distância. Durante o período excepcional da pandemia foi oferecido o ensino remoto e, com o seu fim, haverá o retorno do ensino presencial.

6) Qual o horário das aulas da educação básica?

As aulas da escola do IBC se iniciam às 8:00h, podendo se estender até as 15:00h de acordo com a etapa de ensino e as atividades complementares que o estudante realize.

7) Uma criança ou adolescente com deficiência visual (cegueira ou baixa visão) pode frequentar o IBC apenas para atendimentos?

Sim. No IBC há a possibilidade do estudante estar matriculado em uma escola próxima de sua residência e, simultaneamente, estar matriculado no instituto como aluno externo. Assim, no contraturno da escola, poderá realizar como atividades complementares os atendimentos especializados na área da deficiência visual.

8) Quais são as etapas da Educação Básica que o IBC oferece?

Educação infantil (pré-escola), ensino fundamental (do 1º ao 9º ano) e a educação profissional técnica de nível médio.

9) Quais são os cursos técnicos que o IBC tem?

  • Instrumento Musical Integrado ao Ensino Médio, com habilitação em violão, guitarra elétrica ou piano;
  • Artesanato Integrado à Educação de Jovens e Adultos - PROEJA, com habilitação em cerâmica, escultura ou serigrafia;
  • Massoterapia na modalidade concomitante/subsequente e
  • Revisão de Textos no Sistema Braille na modalidade concomitante/subsequente.

10) Qual a diferença entre curso técnico integrado, concomitante e subsequente?

No curso técnico integrado, o aluno cursa o ensino médio junto com a formação técnica no IBC, em horário integral. Além das disciplinas comuns no ensino médio (ex: matemática, português, história etc), o aluno cursa as disciplinas específicas do curso técnico; a modalidade subsequente é para quem já concluiu o ensino médio em outro momento e deseja realizar o curso técnico; já a modalidade concomitante é para quem cursa o ensino técnico no IBC ao mesmo tempo em que cursa o ensino médio em outra escola. 

11) Quais as dificuldades encontradas no atendimento ao aluno com deficiência visual?

Qualquer atendimento educacional exige do professor as competências devidas para que possa atuar junto às especificidades e necessidades desse aluno. No caso de alunos cegos, é imprescindível que o professor tenha domínio do Sistema Braille; se forem alunos com baixa visão, faz-se necessário também o conhecimento das dificuldades e possibilidades para o atendimento efetivo do aluno em questão, visto que a baixa visão se caracteriza por inúmeros fatores: diferentes patologias, grau de acuidade visual, inadequação da sala de aula, aspectos psicológicos e etc.

Para ambos os grupos, existem materiais pedagógicos próprios que ajudam enormemente o desenvolvimento do processo ensino aprendizagem. Fica claro, portanto, que para atuar junto a alunos com deficiência visual é preciso que os professores estejam capacitados e busquem, continuamente, avaliar e redimensionar sua ação pedagógica. A qualificação profissional é um dever do profissional e das políticas públicas e o IBC tem uma longa tradição na capacitação de profissionais de todas as áreas, mas especialmente na área da educação para que eles consigam promover uma inclusão mais efetiva do estudante com deficiência visual no ambiente escolar.  Para informações sobre os cursos de formação continuada na área da deficiência visual acesse a área específica dos cursos oferecidos pela Divisão de Extensão e Aperfeiçoamento (DEA).

 


ATENDIMENTO MÉDICO

1) O Instituto Benjamin Constant tem hospital ou unidade básica de saúde?

Não. O IBC é um Centro de Referência Nacional na Área da Deficiência Visual, que mantém uma escola especializada federal, ligada ao MEC, para atendimento de pessoas com deficiência visual. O IBC oferece gratuitamente atendimento médico oftalmológico aos seus alunos, e este serviço se estende à população em geral, em virtude do Programa de Residência Médica em Oftalmologia. Todavia, o fluxo de pacientes é limitado em virtude do quantitativo de profissionais de saúde e da infraestrutura do serviço. O IBC não possui convênio com o SUS e não atende urgência/emergência.

2) Quais os serviços médicos prestados pelo IBC à população em geral?

Atendimento médico oftalmológico, com a realização de consultas gerais oftalmológicas ou nas áreas de subespecialidades: córnea, catarata, glaucoma, oculoplástica, retina e vsn; exames: angiografia, campo visual, OCT, yaglaser, topografia; emissão de laudos; e cirurgias oftalmológicas.

3) O Serviço Médico do IBC atende qualquer pessoa ou somente deficientes visuais?

O serviço médico atende qualquer pessoa que necessite de atendimento oftalmológico, mediante prévio agendamento.

4) Os alunos do IBC têm prioridade no atendimento médico?

Sim. Alunos e ex-alunos da escola e do Programa de Reabilitação possuem prioridade no atendimento.

5) Quais as cirurgias oftalmológicas realizadas pelo serviço médico do IBC?

São realizadas cirurgias de FACO (Catarata), FEC (Catarata), Catarata e Glaucoma associados (FACO/TREC), TREC (Glaucoma), Injeção Intravítrea, Fixação Escleral, Pterígio, Implante secundário de LIO, Sutura/Re-Sutura, Colocação de Anel Corneano, Vitrectomia, Drenagem Hemorrágica, Aspiração de Massas, Exérese de Hidrocistoma, Cross Link, Extracapsular, Retirada de Calázio e Reposicionamento de LIO.

6) Como ter acesso ao serviço médico do Instituto Benjamin Constant?

Para mais informações, acesse: ibc.gov.br/atendimento-medico.

7) Quais os serviços prestados na Coordenação de Baixa Visão?

A Coordenação de Baixa Visão desenvolve, junto aos alunos e reabilitandos com resíduo visual tanto do IBC como das escolas regulares, os primeiros treinamentos para o uso dos recursos ópticos que têm como objetivo a melhoria no desempenho funcional e educacional da visão. A equipe presta também consultoria a docentes das redes municipais e estaduais, no intuito de tornar mais eficiente o processo ensino-aprendizagem de alunos de baixa visão matriculados tanto nas escolas públicas quanto nas particulares. 


O atendimento médico é acompanhado por professor especializado do IBC que desenvolve as ações educacionais do setor, em uma perspectiva de aprendizagem de uso funcional da visão, potencializando seu uso ao longo da vida.

Ação específica: atendimento a pessoas com baixa visão (consultas, prescrição de recursos ópticos, esclarecimentos, orientações, treinamentos e empréstimos de recursos ópticos e não ópticos). Empréstimos somente para alunos do IBC.
Outras ações: capacitação de profissionais que trabalham com baixa visão.

- Empréstimos de recursos ópticos – segundo as indicações dos médicos especialistas – e de recursos não ópticos para alunos do IBC, a fim de os utilizarem nas atividades do Instituto;

- Demonstração e orientação de uso de recursos ópticos para o DED e para o DMR, pacientes externos, e profissionais da educação de outras instituições que procuram a Coordenação de Baixa Visão para esse fim;

- Agendamento e acompanhamento na utilização dos recursos prescritos pelo médico;

- Agendamento e acompanhamento na utilização dos recursos eletrônicos disponíveis na Coordenação;

- Treinamento quanto ao uso correto dos recursos não-ópticos, ópticos e eletrônicos; e

- Visita a algumas salas de aula do DED, atendendo à solicitação dos professores.

8) Como faz para marcar consulta no Setor de Baixa Visão?

O paciente precisa ser encaminhado para o setor pelo ambulatório geral do IBC. O paciente marca a consulta no ambulatório geral do IBC. Nesta consulta serão feitos os exames de rotina como refração e pode ser que o paciente necessite de outros exames complementares como campo visual, de acordo com a análise do médico durante a consulta. Pacientes que já estiveram no setor de baixa visão também precisam passar pela consulta no ambulatório geral do IBC.

A agenda do setor de baixa visão abre sempre na última quinta-feira de cada mês pelo telefone (21) 3478-4421. O número de consultas dependerá da disponibilidade dos médicos voluntários. Vale ressaltar que o atendimento no setor é prioritário para alunos matriculados no IBC.

9) Quero ser voluntário, qual o procedimento?

Acompanhe no site do IBC as notícias sobre vagas disponíveis ou entrar em contato com o Departamento de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão (DPPE), responsável por disponibilizar as vagas de voluntariado.

10) Preciso fazer uma pesquisa na área de saúde e deficiência visual, como proceder?

Entre em contato com o Departamento de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão (DPPE), responsável por receber propostas de pesquisas.

11) Como tirar dúvidas sobre problemas da visão?

Acesse o link  “Um olhar sobre a deficiência visual”, e você encontrará o esclarecimento de suas dúvidas, lembrando que para cada pessoa há sintomas específicos.

 


PÓS-GRADUAÇÃO

1) O IBC oferece curso de mestrado?

SimO Curso de Mestrado Profissional em Ensino na Temática da Deficiência Visual, que tem como público-alvo pessoas portadoras de diploma de graduação obtido em instituições reconhecidas pelo MEC, qualquer área de formação e que possuam interesses nas questões relacionadas a temática da deficiência visual.

2) Quando ocorre o processo de seleção dos candidatos?

O processo de seleção é anual e ocorre em data estipulada por edital específico publicado no sítio oficial do programa, na página da pós-graduação.

3) Como é o processo de seleção dos candidatos?

O processo consiste nas seguintes etapas da seleção:

1) prova de conhecimentos específicos na temática da deficiência visual e prova de compreensão em língua estrangeira e
2) avaliação oral do pré-projeto e análise curricular.

4) Qual a modalidade do curso?

O curso é oferecido de forma presencial nas dependências do Instituto Benjamin Constant, localizado no bairro da Urca, Rio de Janeiro.

5) Qual o tempo de duração do curso?

O curso tem duração de 24 meses.

6) Quais os requisitos mínimos para obter o diploma de mestre?

O aluno deverá cumprir todos os créditos em disciplinas, o estágio de docência e ainda desenvolver um produto educacional e uma dissertação de mestrado.

7) Onde é realizado o estágio de docência?

O estágio de docência deve ser realizado, preferencialmente, nas dependências do Instituto Benjamin Constant.

8) Sou docente, como faço para me credenciar ao Programa de Mestrado?

O credenciamento de docente no programa possui fluxo contínuo. Para docentes do IBC basta enviar para o email ppgibc@ibc.gov.br a carta de intenções em formulário próprio, o formulário de credenciamento de docentes da Coordenação de Pós-Graduação do IBC cópia do Diploma de doutorado e o currículo Lattes atualizado. Os formulários, normas e orientações estão disponíveis na página da pós-graduação.

Para docentes externos ao IBC, que irão concorrer a vaga de docente colaborador, além da documentação para docente do IBC, será necessário consultar a disponibilidade de vagas para externos, por meio do email ppgibc@ibc.gov.br.

9) Posso me inscrever em disciplinas avulsas ou participar como ouvinte?

No momento (2021), apenas alunos aprovados e classificados no processo seletivo podem participar das disciplinas do curso.

10) Quando serão oferecidos os cursos de pós-graduação lato sensu?

O IBC aguarda a autorização do MEC para a implementação dos cursos. A previsão é que iniciem em agosto de 2022.

11) Quem pode se matricular nos cursos de especialização em nível de pós-graduação lato sensu?

Apenas pessoas com diploma de curso superior.

12) Qual a carga horária mínima dos cursos de especialização em nível de pós-graduação lato sensu?

Os cursos devem ter duração mínima de 360 (trezentos e sessenta) horas, nestas, não computado o tempo de estudo individual ou em grupo, sem assistência docente, e o reservado, obrigatoriamente, para elaboração de monografia ou trabalho de conclusão de curso.

13) Qual a diferença entre Master Business Administration (MBA) e os cursos de especialização em nível de pós-graduação lato sensu?

Na verdade, os cursos designados como MBA são cursos de especialização em nível de pós-graduação na área de administração;

14) Qual a qualificação mínima do corpo docente?

O corpo docente deverá ser constituído necessariamente por, pelo menos, 50% (cinquenta por cento) de professores portadores de título de mestre ou de doutor, obtido em programa de pós-graduação stricto sensu reconhecido. Os demais docentes devem possuir, no mínimo, também formação em nível de especialização. O interessado pode solicitar a relação dos professores efetivos de cada disciplina prevista no projeto pedagógico, com a respectiva titulação;

15) Quais os requisitos mínimos necessários para a obtenção de certificado de cursos de especialização em nível de pós-graduação?

Para a obtenção do certificado, o(a) aluno(a) deverá obter aproveitamento segundo os critérios de avaliação previamente estabelecidos (projeto pedagógico), assegurada, nos cursos presenciais, pelo menos, 75% (setenta e cinco por cento) de frequência;

16) Quais as informações que devem constar nos certificados de conclusão?

Os certificados de conclusão dos cursos de especialização em nível de pós-graduação lato sensu devem mencionar a área de conhecimento do curso e serem acompanhados do respectivo histórico escolar, com as seguintes informações obrigatórias: I - relação das disciplinas, carga horária, nota ou conceito obtido pelo aluno e nome e qualificação dos professores por elas responsáveis; II - período e local em que o curso foi realizado e a sua duração total, em horas de efetivo trabalho acadêmico; III - título da monografia ou do trabalho de conclusão do curso e nota ou conceito obtido; IV - declaração da instituição de que o curso cumpriu todas as disposições da presente Resolução; e V - indicação do ato legal de credenciamento da instituição, tanto no caso de cursos ministrados a distância como nos presenciais. 

17) Uma das disciplinas da grade é muito próxima à de um curso (de pós-graduação, aperfeiçoamento ou curso livre) que fiz. É possível aproveitar os créditos da disciplina já realizada no curso de pós-graduação do IBC?

O aluno dos Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu do IBC pode solicitar aproveitamento de disciplinas cumpridas em cursos de pós-graduação (especialização, mestrado e/ou doutorado), de outras instituições ou do próprio Instituto, desde que os cursos sejam reconhecidos pelo MEC e que o aluno comprove aprovação na referida disciplina.

18) É possível realizar o estágio do curso na minha instituição de trabalho?

A orientação de disciplina de estágio compete às coordenações dos cursos, portanto sendo necessário que o(a) aluno(a) verifique junto à coordenação do curso tal possibilidade.

19) Quais os valores cobrados pela taxa de matrícula e pelas mensalidades?

Todos os cursos de especialização em nível de pós-graduação oferecidos pelo Instituto Benjamin Constant serão gratuitos.

 


MATERIAIS PEDAGÓGICOS ESPECIALIZADOS

1) Quem pode solicitar livros em braille?

Escolas da rede pública, bibliotecas públicas e instituições sem fins lucrativos que atendam esse público específico. Para requerer os livros, o responsável pela instituição deve assinalar os títulos desejados na listagem de livros em braille, bem como preencher e assinar a solicitação para recebimento de livros em braille. As escolas da rede pública devem, ainda, informar o nome completo do aluno, data de nascimento e nível de escolaridade.

Para mais informações, acesse:

http://www.ibc.gov.br/producao-de-material-especializado/2016-06-30-16-29-33

2) Quem pode solicitar livros no formato ampliado?

Escolas da rede pública, bibliotecas públicas e instituições sem fins lucrativos que recebam pessoas com baixa visão. Para requerer, o responsável pela instituição deve assinalar os títulos desejados na listagem de material ampliado, em seguida preencher e assinar a solicitação para recebimento de livros ampliados em formato pdf. As escolas da rede pública devem, ainda, informar o nome completo do aluno, data de nascimento e nível de escolaridade.

Para mais informações, acesse:

http://www.ibc.gov.br/producao-de-material-especializado/livro-ampliado

3) Quem pode solicitar materiais didático-pedagógicos?

Escolas da rede pública, bibliotecas públicas e instituições sem fins lucrativos que atendam pessoas com deficiência visual. Os materiais contemplam desde a educação infantil até disciplinas do ensino médio. As solicitações devem ser feitas através do preenchimento e assinatura do documento de solicitação. Os dados dos usuários dos materiais devem constar na solicitação.

É importante notar que existem três modelos de solicitação: materiais grafotáteis para alunos cegos, materiais ampliados para alunos com baixa visão, e materiais tridimensionais para alunos cegos ou com baixa visão.

Para mais informações, acesse:

http://www.ibc.gov.br/producao-de-material-especializado/material-didatico

4) Quem pode solicitar audiolivros?

Instituições sem fins lucrativos (pessoas jurídicas) que atendam pessoas com deficiência visual. Para isso, basta preencher a solicitação para recebimento de livros falados, encaminhando o documento, devidamente preenchido e assinado. O e-mail informado no formulário de solicitação receberá a pasta compartilhada que contém todo o acervo de Livros Falados do Instituto Benjamin Constant (IBC). O armazenamento digital do drive compete ao IBC e não compromete o espaço de memória do computador do usuário. Todas as faixas de áudio podem ser acessadas sem necessidade de download

Para mais informações, acesse:

http://www.ibc.gov.br/producao-de-material-especializado/2016-06-30-16-29-32

5) Como se inscrever para receber gratuitamente as revistas em braille Pontinhos e Revista Brasileira para Cegos (RBC), de periodicidades trimestrais?
As publicações destinam-se exclusivamente a deficientes visuais e instituições sem fins lucrativos que atendam a esse público. Os interessados em se tornarem assinantes das revistas devem encaminhar um e-mail para revistasbraille@ibc.gov.br, informando os seguintes dados:

  • nome completo;
  • data de nascimento;
  • CPF,
  • endereço completo com CEP;
  • condição visual.

As instituições sem fins lucrativos que desejarem receber a revista devem informar, no mesmo e-mail acima, os seguintes dados:

  • nome completo da instituição
  • CNPJ
  • quantidade de exemplares (para instituições com mais de um aluno/usuário)

 Para mais informações, acesse:

http://www.ibc.gov.br/publicacoes/revistas

 


FORMAÇÃO CONTINUADA

1) Que modalidades de curso de formação continuada o IBC oferece?

O IBC oferece cursos e oficinas presenciais (suspensos durante a pandemia), à distância (pela Plataforma Moodle) e remotos. Os cursos podem ser de curta duração (40 h/aula) e de aperfeiçoamento (180 h/aula).

2) Os cursos de formação continuada na área da deficiência visual são oferecidos para outras instituições?

Sim, os cursos programados são publicados com todas as informações necessárias na aba “Formação Continuada” do ano vigente do site institucional. Os cursos oferecidos para instituições nas modalidades remota e a distância são disponibilizados com a indicação de "inscrição institucional", em que o responsável pela ação nas próprias organizações inscreve seus colaboradores. A instituição interessada também pode enviar e-mail para dea@ibc.gov.br ou ligar para 3478-4455 para outras informações sobre os cursos que não estejam em nosso site. É necessário ler também as Orientações Gerais indicadas na página dos cursos antes de se inscrever, pois elas estão constantemente sendo modificadas e possuem informações fundamentais para os interessados em fazer os nossos cursos.

3) O IBC oferece cursos de formação continuada para pessoas físicas?

Sim, pessoas físicas também podem se inscrever individualmente nos cursos do Instituto. Para saber quais aqueles que estão sendo oferecidos, é só clicar na aba “Formação Continuada” do ano vigente do site institucional. Se o curso for oferecido nas modalidades remota ou a distância, é preciso atentar para aqueles com indicação de "inscrição individual". O interessado também pode enviar e-mail para dea@ibc.gov.br ou ligar para 3478-4455 para outras informações sobre os cursos que não estejam em nosso site. Lembramos ainda da leitura das Orientações Gerais antes de se inscrever, pois elas estão constantemente sendo modificadas e é de leitura obrigatória para os interessados.

4) Qualquer pessoa pode fazer os cursos de formação continuada na área da deficiência visual oferecidos pelo IBC?

Sim, desde que ela possua os pré-requisitos exigidos para o curso que deseja fazer. Grande parte dos cursos é direcionada a profissionais que trabalham em áreas que atendem pessoas com deficiência visual, como por exemplo, profissionais da educação e da saúde. Por isso, é importante que o interessado entre no site www.ibc.gov.br, na aba “Formação Continuada” do ano vigente e confira no detalhamento do curso do seu interesse o público a que ele se destina, se é exigida alguma formação específica etc. O interessado também pode enviar e-mail para dea@ibc.gov.br ou ligar para 3478-4455 para outras informações sobre os cursos que não estejam em nosso site. Lembramos ainda da leitura das Orientações Gerais antes de se inscrever, pois elas estão constantemente sendo modificadas e é de leitura obrigatória para os interessados.

5) Para fazer os cursos de formação continuada na área da deficiência visual oferecidos pelo IBC é preciso pagar alguma taxa?

Não, nossos cursos são totalmente gratuitos.

 


Pesquisa (em construção)

6) Preciso fazer uma pesquisa na área da deficiência visual, como proceder?
Para maiores informações sobre pesquisas, ligue para 3478-4458.

  


ASSUNTOS GERAIS (em construção)

1) De que forma os servidores do Instituto são contratados?
Todos os servidores do IBC são concursados, pois somos um órgão do Ministério da Educação.

2) Quero ser voluntário, vocês aceitam? Qual o procedimento?
Recebemos um grande número de pessoas que desejam ser voluntárias no IBC, mas felizmente temos um quadro de voluntários que estão conosco há algum tempo, atuando em diversas atividades. Por este motivo nem sempre temos necessidade de novos voluntários. Para informações sobre serviço voluntário, os interessados devem ligar para 3478-4455 ou 3478-4454.

3) Há previsão para abertura de concurso no IBC?
As notícias sobre os concursos são inseridas no site www.ibc.gov.br além de publicadas no Diário Oficial da União e divulgadas nas mídias sociais do Instituto.

4) Qual o procedimento para participar das licitações do Instituto Benjamin Constant?
Os processos licitatórios do Instituto Benjamin Constant são realizados através do “comprasnet".

5) Quero visitar o IBC, o que devo fazer?
As visitas são marcadas pelos telefones 3478-4465 ou 3478-446, ligue e agende. será um prazer recebe-lo no Instituto.

6) Sou professor(a), tenho um aluno cego e não sei como atendê-lo. O IBC pode me dar um suporte?
O Instituto Benjamin Constant, oferece orientação técnico pedagógica a instituições de ensino. Não podemos fazê-la individualmente, mas se sua escola nos solicitar estaremos prontos a atendê-la.

 

Fim do conteúdo da página