Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Lua criada pelo Observatório do Valongo é aprovada pelos alunos do IBC
Início do conteúdo da página
Notícias

Lua criada pelo Observatório do Valongo é aprovada pelos alunos do IBC

Material tátil para o ensino de astronomia foi testado por alunos do 6º ano do ensino fundamental e foi doado para a "Sala de Maquetes" do IBC.

  • Publicado: Quarta, 29 de Maio de 2019, 16h52
  • Última atualização em Quinta, 30 de Maio de 2019, 13h30
imagem sem descrição.

O Observatório do Valongo (OV), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), buscou o IBC com o intuito de promover acessibilidade para as pessoas deficientes visuais em visita ao OV-UFRJ. O intercâmbio de conhecimento dos profissionais envolvidos redirecionou o projeto para a produção de material didático na área da Ciências/Astronomia. A confecção da Lua pelo OV-UFRJ (na foto abaixo alunas do OV-UFRJ fazem o material), com assessoria do IBC, foi o primeiro recurso concluído e, um "Caderno de Astronomia" para o 6º ano do Ensino Fundamental é a nova empreitada em curso que contempla parte do conteúdo curricular de Ciências.   

lua valongoA coordenadora de extensão do Centro de Ciências Matemáticas e da Natureza da Universidade Federal do Rio de Janeiro (CCMN-UFRJ), Silvia Lorenz Martins, comentou que a integração dos esforços das instituições "deslocou o viés inicial do projeto da extensão para a educação", ao ampliar as possibilidades de acesso das pessoas com deficiência visual aos conhecimentos de astronomia.

A Divisão de Desenvolvimento e Produção de Material Especializado (DPME) é a interface do IBC na parceria. "Participar de um convênio que gera ganhos para ambas as partes é sempre uma satisfação", comentou Aires Silva, assistente de direção do Departamento Técnico-Especializado (DTE), setor que abriga a DPME.

Na foto a direita: Silvia Martins, Maria da Glória Almeida (assessora da direção-geral do IBC) e Aires Silva com uma das metades da Lua tátil, em reunião que definiu a doação do objeto ao IBC. Antes de integrar o acervo, a "lua" receberá itens de acessibilidade para pessoas com deficiência visual como textos informativos, legendas e identificações dos seus principais pontos escritos no Sistema Braille.  

Para assistir vídeo do OV-UFRJ sobre o projeto clique aqui.lua valongo2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página