Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > IBC fecha parceria para capacitar professores do noroeste fluminense na área da deficiência visual
Início do conteúdo da página
Notícias

IBC fecha parceria para capacitar professores do noroeste fluminense na área da deficiência visual

A ideia é levar o Programa Capacita Brasil aos municípios da região.

  • Publicado: Sexta, 05 de Abril de 2019, 09h58
  • Última atualização em Sexta, 05 de Abril de 2019, 14h51

 

O prefeito de Itaocara, Manoel Faria, foi o anfitrião do eventoA reunião que selou o compromisso do IBC de contribuir para a inclusão dos estudantes cegos e com baixa visão, foi realizada nesta quarta-feira (3), em Itaocara. O prefeito do município, Manoel Faria (foto ao lado), recebeu o diretor-geral do IBC, João Ricardo Melo Figueiredo, ao lado dos prefeitos de Cambucí, Agnaldo Vieira Melo (Agnaldinho), e de Santo Antônio de Pádua, Josias Quintal.  "Esta é a primeira vez que nos sentamos, aqui na prefeitura, com uma autoridade federal na área da educação e sobretudo da educação de pessoas com deficiência e isso nos deixa muito honrados e felizes ", saudou o prefeito de Itaocara, anfitrião do encontro.

Os prefeitos vieram acompanhados das secretárias de educação dos respectivos municípios.  A titular da pasta no município mineiro de Pirapetinga, que fica na divisa dos estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais, Sandra Pereira, também participou da reunião, que contou ainda com os vereadores Jaderson Aleixo, de Itaocar, e  Robson de Oliveira Mattos (Robinho Águia Negra), de Santo Antônio de Pádua.

Tanto os prefeitos quanto as secretárias de educação falaram sobre a estrutura que contam para promover a inclusão de alunos com necessidades especiais e sobre as dificuldades que enfrentam para ensinar àqueles que são cegos ou enxergam muito pouco, como o desconhecimento, por parte dos professores, do Sistema Braille e a  falta de material didático especializado e de profissional habilitado a utilizá-lo nas salas de recursos.

Os prefeitos quiseram saber do diretor-geral do IBC o que o Instituto teria a oferecer em termos de capacitação e de suporte técnico aos municípios da região.  "Temos um passivo imenso a resgatar com esta parcela da população que não consegue ser incluída como deveria na sociedade", disse o prefeito de Santo Antônio de Pádua.  João Ricardo fez então um breve relato sobre a história e a missão do Instituto e enumerou as atividades desenvolvidas  nas áreas do ensino, pesquisa e extensão.  

Em seguida, ele falou sobre o Programa Capacita Brasil, já levado a outros estados do País, como o Maranhão, Rio Grande do Norte, além do Distrito Federal.  "Trata-se de uma capacitação inicial, cujo objetivo é sensibilizar os profissionais da educação para a causa e também para que eles tenham a dimensão dos conhecimentos que eles precisarão aprofundar para serem aptos a atender corretamente os estudantes cegos e com baixa visão que se matricularem em suas escolas", explicou.

O diretor-geral do IBC também explicou que o Capacita Brasil tem a função de subsidiar a equipe técnica do IBC para as ações subsequentes ao programa.  "Somente depois desse contato inicial é que podemos formatar projetos de formação continuada adequados à realidade de cada município ou da região", completou.

A secretária de Educação e primeira-dama de Itaocara, Fábia Campany, chamou a atenção para a necessidade de incluir os familiares dos estudantes com deficiência visual, especialmente dos cegos, no programa de capacitação, reivindicação também feita pelas secretárias de Santo Antônio de Pádua e Pirapetinga — Andrea de Oliveira e Sandra Pereira.  O diretor-geral do IBC concordou com a  importância de capacitar as famíllias a lidar melhor com a deficiência visual dos filhos.  "O papel da escola especializada é importante para o desenvolvimento desses alunos; mas o da família é fundamental.  De modo que vou levar esta sugestão aos profissionais responsáveis pela organização do Capacita Brasil", prometeu.

O vereador Jaderson Aleixo, propositor da formação de um consórcio entre prefeituras para dar mais efetividade à política de inclusão de pessoas com deficiência na rede escolar, disse estar otimista com a adesão de todos os 13 municípios no noroeste do estado e até mesmo de municípios mineiros vizinhos, como é o caso de Pirapetinga.  "  Os prefeitos de Miracema, Aperibe e São José de Ubá, já se mostraram bastante interessados na capacitação.  A partir dessa reunião, a  gente vai conversar e se articular com todos os outros prefeitos e secretários para que esse trabalho tenha o maior alcance possível.  

A programação do diretor-geral em Itaocara só acabou na quinta-feira, com a entrevista ao vivo ao programa do prefeito Josias Quintal, transmitido pela Rádio Feliz de Santo Antônio de Pádua e disponível no vídeo abaixo.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página