Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Reabilitação encerra as atividades em clima de emoção
Início do conteúdo da página
Notícias

Reabilitação encerra as atividades em clima de emoção

A festa marcou a despedida da profª. Rosane de Menezes Pereira, que deixa o Departamento de Estudos e Pesquisas Médicas e de Reabilitação (DMR) para assumir novas responsabilidades no IBC.

  • Publicado: Quinta, 13 de Dezembro de 2018, 11h01
  • Última atualização em Sexta, 14 de Dezembro de 2018, 08h26
De cima para baixo: grupo instrumental do IBC, Grupo Vocal Ponto de Vista com alunos da oficina de música do DMR e coral da Eletrobrás.
As atrações musicais ficaram por conta do coral da Eletrobras, do grupo instrumental do IBC e do Grupo Vocal Ponto de Vista.

 

O Teatro Benjamin Constant ficou lotado de parentes, professores, técnicos administrativos e demais convidados para o evento cuja tônica foi a emoção, desde a apresentação musical de abertura do coral da Eletrobrás, regido pela maestrina Crismarie Hackenberg.  Com um repertório formado por canções que remetiam às lembranças do passado e também falavam sobre um futuro que começa agora, os cantores arrancaram aplausos calorosos da plateia. 

O coral faz parte das ações do programa de promoção da saúde e da qualidade de vida da Companhia – maior empresa de energia elétrica da América Latina. A ideia de trazê-lo ao palco do Benjamin Constant foi do ex-aluno da Reabilitação e funcionário da empresa, Marcos Viana, que fez questão de deixar um depoimento sobre a importância que a Reabilitação do IBC teve na vida dele.  "Ela foi essencial na minha vida, assim como tenho certeza de que é para a vida de todos os que, como eu, perdem a visão e precisam reaprender a viver em outras bases, disse. 

Em seguida, o recém-criado grupo instrumental da Reabilitação, composto por três violões, pandeiro, duas flautas doces tenores, uma flauta doce contralto e teclado,  apresentou uma música de estilo celta.  A atração seguinte foi o Grupo Vocal Ponto de Vista que apresentou um número sozinho e outros três em companhia dos alunos da oficina de música do DMR.

O diretor-geral do IBC, João Ricardo Melo Figueiredo, parabenizou os alunos e toda a equipe do DMR - em especial a direção do departamento - por mais um ano de intensos trabalhos.  "Foi um período de muitas conquistas, de dificuldades grandes que conseguimos vencer, em grande parte com a dedicação e a competência da profª Rosane.  A ela o nosso muito obrigado", disse João.

Convidada pela Direção-Geral do IBC a integrar o corpo de assessores do Gabinete a partir do próximo ano, a profª Rosane fez um discurso emocionado, no qual agradeceu - setor por setor - todos os anos de um trabalho colaborativo, cheio de desafios, mas também de muita gratificação.  "Tenham a certeza de que vocês estarão, para sempre, em meu coração e que, independentemente de onde eu estiver, poderão sempre contar comigo", disse.

Ao final, a professora foi supreendida com uma surpresa organizada pelos servidores e funcionários terceirizados do DMR: um vídeo com depoimentos de representantes de todos os setores do departamento para que ela pudesse guardar como lembranca de todos os anos em que esteve à frente da Reabilitação.  

A organizadora do evento, Mércia Ferreira de Souza, que também deixa o cargo de supervisora do DMR nesse final de ano, disse que as homenagens foram mais do que merecidas.  "Estou muito contente pela bonita festa que tivemos - uma das mais animadas já promovidas pelo departamento.  Com ela fechamos com chave de ouro nossos quatro anos de gestão", concluiu.

Atividades

A festa de encerramento da Reabilitação extrapolou o Teatro Benjamin Constant.  Em outras dependências do Instituto foram programadas uma série de atividades abertas aos alunos, servidores e convidados.

Na casa 3 de Atividades da Vida Diária uma equipe de voluntários da Eletrobras se dedicou a "dar um trato"no visual dos participantes, que puderam cortar o cabelo, fazer a barba, as unhas, além de se maquiar com uma consultora de beleza de uma grife de cosméticos famosa.

O ambulatório da massoterapia foi o espaço "relax", no qual o ex-reabilitando e voluntário da Eletrobras, Marcos Viana, e outro colega da Companhia aplicaram massagem na cadeira e reflexologia podal nos visitantes.

Na sala de atividades físicas, os bailarinos Alejandra e Marcelo, cedidos pelo Consulado da Argentina, deram uma oficina de tango.  

Uma equipe de "anjos" formada por servidores e funcionários terceirizados do IBC deram todo o suporte necessário às atividades dos voluntários.

A festa encerrou com o almoço, oferecido pelo IBC e servido no refeitório, aos alunos, servidores, convidados e voluntários.

Confira a galeria de fotos do evento.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página