Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > “O Pequeno Príncipe” reina no encontro literário do projeto Quarta com...
Início do conteúdo da página
Notícias

“O Pequeno Príncipe” reina no encontro literário do projeto Quarta com...

A atividade realizada quarta-feira (26), na Praça dos Ledores do IBC, foi a última do projeto da Divisão de Atividades Culturais e de Lazer (DAL) no ano e destacou o livro infantil e a vida do francês Antoine de Saint-Exupéry.

  • Publicado: Sábado, 29 de Setembro de 2018, 00h05
  • Última atualização em Sábado, 29 de Setembro de 2018, 21h50

Links relacionados:

Aluna com baixa visão folheia enciclopédia com informações e foto do escritor Antoine de Saint-Exupéry.
Aluna com baixa visão folheia enciclopédia com informações e foto do escritor Antoine de Saint-Exupéry.

O livro O Pequeno Príncipe foi publicado em 1943, na cidade de Nova Iorque, onde o autor se exilou ao deixar uma França rendida aos nazistas durante a segunda Guerra Mundial. Somente em 1946, com o autor já falecido dois anos antes, editaram a primeira publicação em francês desta obra. Atualmente é o terceiro livro mais traduzido no mundo, ficando atrás apenas da Bíblia e do Alcorão.

“Vamos falar do piloto e escritor que publicava suas experiências e impressões para o público adulto e surpreendeu o mundo com uma obra voltada às crianças”, convidou o bibliotecário e coordenador da ação Jasper Ferreira, antes de contextualizar o mundo dos anos de 1940, resumir a vida do autor e a trama do livro.

Jasper apresentou a trajetória do autor, Antoine de Saint-Exupéry, filho de nobres franceses, formado nos melhores colégios da França e da Suíça e apaixonado desde criança pela aviação, interesse que o fez piloto do exército francês (1921) e depois aviador civil profissional (1926).

O bibliotecário mencionou os dramas da guerra e a necessidade do escritor das obras: O Aviador (1926), Voo Noturno (1931) e Terra dos Homens (1939), entre outras, de sair com sua esposa do país natal. O histórico do autor foi fundamental para o público, formado por alunos do ensino fundamental e frequentadores da Biblioteca Louis Braille, identificar nos simbolismos contidos na trama a pessoalidade do escritor.

Apesar de literatura infantil, o texto é um convite a reflexão para os adultos. "Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos", escreveu Antoine numa passagem. Verdade comprovada no cotidiano do IBC. O comentário de Dona Marlene, usuária da biblioteca, concorda com a abrangência conquistada pela obra: "o livro é para criança, mas serve muito aos adultos".

Antoine de Saint-Exupéry publicou seu último livro em 1944: Carta a um Refém. Neste mesmo ano, com 44 anos, faleceu fazendo um voo de reconhecimento. Os destroços do avião que pilotava foram encontrados no litoral de Marselha, na França, somente em 2004. Seu corpo nunca foi encontrado.

Fim do conteúdo da página