Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > IBC reinaugura clínica de fisioterapia e terapia ocupacional
Início do conteúdo da página
Notícias

IBC reinaugura clínica de fisioterapia e terapia ocupacional

Solenidade foi no dia 3 de Maio, no salão da Educação Infantil

  • Publicado: Terça, 03 de Maio de 2016, 21h00
  • Última atualização em Quinta, 06 de Julho de 2017, 11h08

Profundamente emocionada. Foi com essas palavras que a professora Leonídia dos Santos Borges definiu seu estado de espírito ao ser surpreendida com a notícia de que seu nome estava gravado na placa afixada na entrada do setor que ela ajudou a criar há 14 anos, 12 dos quais funcionou sob sua coordenação, até se aposentar em 2015. A partir de hoje, a Clínica de Fisioterapia e Terapia Ocupacional Prof.ª Dr.ª Leonídia dos Santos Borges volta a atender seus pacientes em um ambiente condizente com os critérios de humanização em saúde preconizados pelo SUS.

A solenidade de entrega das novas instalações contou com a participação dos representantes da gestão do instituto, além dos servidores, alunos do Curso Técnico em Massoterapia e profissionais terceirizados que trabalham diretamente envolvidos com os processos de reabilitação na Instituição.

A coordenadora da clínica, Sirlene dos Santos Ribeiro, disse que com a reforma vai ser possível ampliar o atendimento em até 50 % em relação a 2015, quando foram realizados 3.310 atendimentos contínuos nas áreas de fisioterapia, terapia ocupacional e massoterapia. “Esperamos chegar a 5 mil atendimentos até o final deste ano”, complementou.

Para a diretora do Departamento de Pesquisas Médicas e de Reabilitação (DMR), Rosane de Menezes Pereira, a nova clínica vai proporcionar um outro nível de atendimento aos usuários, sobretudo às crianças. “As cores contrastantes das instalações, o painel tridimensional e todo esse ambiente de acolhimento vai possibilitar uma estimulação melhor tanto às crianças com múltiplas deficiências, como as de baixa visão, cegas e surdo-cegas”, completou.

Mas não são apenas as crianças que passarão a usufruir de mais conforto no atendimento. A clínica também atende adultos que perderam a visão e se encontram em processo de reabilitação, assim como os atletas do Instituto.

O diretor-geral do IBC, João Ricardo Melo Figueiredo, disse que a reinauguração da clínica só foi possível graças a atuação de pessoas dedicadas à causa da reabilitação, como a professora Leonídia Borges. “Só estamos aqui hoje graças ao trabalho que ela iniciou. Esperamos agora poder fazer mais, atender cada vez melhor nossos alunos, servidores, reabilitandos e atletas”, concluiu.

O professor João agradeceu também, em nome de todos os servidores da Instituição, o trabalho desempenhado pelo arquiteto Flávio Rezende Figueiredo, responsável pela reforma e doador do painel tátil que a partir de agora poderá ser apreciado por todas as crianças atendidas pelo setor.

Ao final da solenidade, o arquiteto Flávio e a professora Leonídia foram homenageados com a entrega de placas alusivas aos relevantes serviços prestados por ambos em prol do Instituto Benjamin Constant.

A clínica

A Clínica de Fisioterapia e Terapia Ocupacional foi construída em 2002 e durante dois anos foi administrada pela Fundação de Apoio ao IBC. Com a extinção da Fundação, em 2004, o setor passou a ser administrado pelo próprio Instituto, sob a

coordenação da professora Leonídia Borges.

Em 2011, o espaço passou pela primeira reforma. Para não interromper o atendimento durante as obras, eles foi transferido para o Centro de Terapias Alternativas e para a sala 253.

A clínica reabriu em 2012, oferecendo novos serviços, como terapia ocupacional e pilates. Entretanto, ainda faltou adequar o espaço às necessidades específicas dos usuários de baixa visão e também aos atendimentos de neuropediatria. Por isso, em 2015 a direção do IBC decidiu empreender uma reforma para suprir essas deficiências.

Para a professora Leonídia, hoje não se pode mais pensar em reabilitação sem um bom atendimento fisioterápico e o suporte da terapia ocupacional. “Não há nada nesse mundo que pague você receber uma criança, por exemplo, que só conseguia mexer as mãos e os pés, e que hoje já está matriculada no primeiro ano do ensino fundamental do Instituto. Portanto, o trabalho realizado aqui nessa clínica é essencial para que as pessoas com deficiência visual ou múltiplas deficiências possam progredir na vida, se inserindo, inclusive, no mercado de trabalho”, concluiu a pioneira no serviço de fisioterapia do IBC.

Instalações

A nova clínica possui os seguintes ambientes: recepção, sete salas de atendimento ambulatorial, dois banheiros, copa, sala de pilates e o ginásio para as atividades de terapia ocupacional e o atendimento em neuropediatria.

Fotos

 

clinica de fisioterapia 02

      Salão da  terapia ocupacional e neuropediatria. 

clinica de fisioterapia 03

Uma das sete salas de atendimento ambulatorial.
clinica de fisioterapia 04

Sala de atendimento fisioterápico.
clinica de fisioterapia 05
Sala de pilates.

 

clinica de fisioterapia 06

Cantinho de estimulação visual e tátil.
registrado em:
Fim do conteúdo da página