Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > IBC vai oferecer educação profissional de nível médio
Início do conteúdo da página
Notícias

IBC vai oferecer educação profissional de nível médio

A decisão foi tomada na reunião extraordinária do Conselho Diretor, realizada ontem (28).

  • Publicado: Sexta, 29 de Dezembro de 2017, 18h44
  • Última atualização em Sexta, 29 de Dezembro de 2017, 19h20

 

A educação profissional será oferecida nas modalidades subsequente e integrada, ou seja: para estudantes que já concluíram o ensino médio e que desejam  obter uma formação técnica (subsequente) e para aqueles que terminaram o ensino fundamental e desejam continuar os estudos no ensino médio ao mesmo tempo em que aprendem uma profissão (integrada).

De acordo com o diretor-geral da Instituição, João Ricardo Melo Figueiredo, na reunião que teve com a secretária executiva do Ministério da Educação, Maria Helena Guimarães de Castro, no último dia 14, foi decidido interromper o processo de atualização do regimento do IBC, que incluía apenas o ensino em nível de pós-graduação, para que fosse acrescentada também a oferta de ensino médio, evitando assim ter que elaborar de aprovar dois regimentos em curto espaço de tempo. 

Na quinta-feira passada (28), o documento redigido pela comissão especial solicitando ao Ministério da Educação (MEC) a inclusão do ensino médio técnico-profissionalizante no novo regimento foi aprovado por unanimidade pelos membros do Conselho Diretor e imediatamente encaminhado ao Ministério.  "Caso o regimento seja aprovado ainda em 2018, a partir de 2019 poderemos começar a oferecer o ensino médio aos nossos alunos", completou o diretor-geral.

João Ricardo explicou também que o ingresso de estudantes nos cursos técnicos integrados e subsequentes  se dará de duas maneiras: através de processo seletivo para estudantes que concluíram os ensinos fundamental e médio em outras instituições de ensino, e de forma automática para os alunos que concluírem o ensino fundamental no IBC. 

"Essa medida é fundamental para que o Instituto Benjamin Constant cresça como instituição de ensino, fomentando a pesquisa, a profissionalização e a inclusão da pessoa com deficiência visual", concluiu o diretor-geral, informando também que o primeiro curso técnico a ser oferecido de forma integrada ao ensino médio é o de massoterapia, atualmente oferecido em convênio com o Instituto Federal  de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ).

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página