Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser! Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Diretor do IBC apresenta o instituto ao ministro da Educação
Início do conteúdo da página
Notícias

Diretor do IBC apresenta o instituto ao ministro da Educação

Na audiência, realizada ontem (22) em Brasília, eles trataram também dos problemas enfrentados pelo Programa de Residência Médica do Instituto.

  • Publicado: Quinta, 22 de Outubro de 2020, 18h29
  • Última atualização em Sexta, 23 de Outubro de 2020, 10h12
Dois homens de ternos azul-marinho e cinza, camisas brancas e gravatas azul-claras e uma mulher vestida de blusa vermelha e blazer posam lado a lado em um gabinete de trabalho, tendo ao fundo a bandeira do Brasil.
Da esquerda para a direita, a secretária de Modalidades Especializadas de Educação, Ilda Ribeiro Peliz, o ministro Milton Ribeiro e o professor João Ricardo Melo Figueiredo.

 O professor João Ricardo foi recebido às 3 h da tarde pelo  ministro Milton Ribeiro e sua assessora especial, Inez Augusto Borges, e pela secretária de Modalidades Especializadas de Educação, Ilda Ribeiro Peliz.  Ele entregou um exemplar do livro dos 150 anos do IBC e, em seguida, fez uma breve apresentação da história da instituição,  com foco nas mudanças pelas quais que ela vem passando nos últimos cinco anos. 

O diretor do IBC fez questão de entregar também aos três participantes da reunião cópias do documento contendo a proposta de reestruturação organizacional aprovada no dia 18 de junho deste ano pelo Conselho Diretor e que faz parte do processo em tramitação no MEC, cuja aprovação vai permitir a criação de cursos de graduação e de pós-graduação. "Quando isso acontecer, o Instituto Benjamin Constant passará a ser uma instituição de ensino superior, com um horizonte muito mais amplo de atuação. Fiquei bastante feliz por constatar que o ministro ficou empolgado com os nossos planos, a ponto de pedir que procedamos à alteração do nosso regimento para que ele seja encaminhado ao MEC já no primeiro semestre do ano que vem para aprovação", disse João Ricardo. 

Grande parte do tempo da audiência foi dedicado aos problemas hoje enfrentados pelo Programa de Residência Médica em Oftalmologia do IBC.  O diretor do instituto falou sobre o problema da falta temporária de profissionais de enfermagem de nível superior que inviabilizou a retomada das  cirurgias e ouviu do ministro a promessa de que o MEC iria providenciar a cessão de pelo menos um profissional da área até o retorno de pelo menos uma das servidoras que estão de licença.  Neste ponto da conversa, o ministro mandou chamar o secretário de Educação Superior, Wagner Vilas Boas de Souza, para que ele já articulasse os contatos com as unidades de saúde federais sediadas no Rio de Janeiro.  "Ele disse que até a próxima terça-feira, dia 24, espera ter uma solução para o problema", completou João Ricardo.

Na opinião do diretor do IBC, foi uma tarde bastante produtiva, com uma troca de informações bastante relevante de ambas as partes e que ele espera que dê os frutos esperados.  "Temos agora que fazer o dever de casa, aprontando o novo regimento e nos preparando para os desafios decorrentes dessa mudança de institucionalidade pela qual tanto temos  lutado", concluiu.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página