Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Dirigentes da rede federal de educação profissional e do IBC discutem parceria para capacitação de servidores na área da deficiência visual
Início do conteúdo da página
Notícias

Dirigentes da rede federal de educação profissional e do IBC discutem parceria para capacitação de servidores na área da deficiência visual

O encontro foi ontem (13), em Brasília, na sede do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif ).

  • Publicado: Quarta, 13 de Abril de 2016, 21h00
  • Última atualização em Quinta, 06 de Julho de 2017, 10h45

 O diretor-geral do Instituto Benjamin Constant, João Ricardo Melo Figueiredo, expôs aos membros do Conif os objetivos do Programa Capacita Brasil. Através dele, o IBC pretende promover a formação continuada de professores e técnicos-administrativos da redes municipais, estaduais e federal de educação no ensino de pessoas cegas e com baixa visão. A formação terá como foco o ensino do Braille, do Soroban e de tecnologias assistivas, além de orientações sobre o acolhimento e boas práticas didáticas voltadas a esse público.

Esta foi a primeira vez que o IBC participou de uma reunião do Conselho, composto pelos gestores dos 38 institutos federais, dos 2 centros de educação tecnológica (Cefets) e do Colégio Pedro II. Ao final do encontro, ficou acertada a construção de uma agenda conjunta para a programação das jornadas iniciais de capacitação, a partir das quais será feito o diagnóstico das demandas de cada instituição a ser atendida.

“Entendemos que para a inclusão efetiva desses alunos é preciso que as escolas organizem estratégias que garantam o cumprimento do seu papel na construção de conhecimentos. Isso significa dar condições para que eles consigam acompanhar as aulas de forma plena”, completou a professora Elise de Melo Borba Ferreira, coordenadora do Programa.

“ Foi muito produtiva a reunião. Manifestamos nossa posição crítica sobre a forma com que os deficientes visuais pessoas vêm sendo recebidos e ensinados nas escolas brasileiras. Ao mesmo tempo, propusemos uma metodologia de trabalho para tornar essa inclusão mais eficaz, que é o Programa Capacita Brasil”, disse o diretor-geral do IBC.

O presidente do Conif e reitor do Instituto Federal Sul-Rio-Grandense, Marcelo Bender Machado, ressaltou a importância de as escolas brasileiras avançarem na questão da inclusão das pessoas com necessidades especiais. “A Rede Federal já tem uma forte trajetória de atuação na inclusão. Respeitando as limitações de cada um, trabalhamos para que nossos estudantes tenham acesso real à formação profissional e tecnológica de qualidade. Essa ação com o IBC trará um reforço para que possamos capacitar nossos servidores e aperfeiçoar a produção do material especializado voltado a alunos cegos e com baixa visão”, concluiu.

O primeiro instituto federal a firmar o convênio com o IBC é o IFMA, do Maranhão. A jornada de capacitação será entre os dias 25 e 28 de abril, com a participação de 90 profissionais, entre professores e técnicos administrativos da Educação Básica Técnica e Tecnológica.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página