Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Alunos do IBC que participaram das Paralimpíadas Escolares são homenageados
Início do conteúdo da página
Notícias

Alunos do IBC que participaram das Paralimpíadas Escolares são homenageados

A homenagem foi organizada pela presidente da Associação de Pais e Responsáveis (APAR), Patrícia Vilares, na sexta-feira passada (27).

  • Publicado: Segunda, 02 de Dezembro de 2019, 13h31
  • Última atualização em Segunda, 02 de Dezembro de 2019, 18h33
imagem sem descrição.

Com as medalhas dependuradas orgulhosamente no pescoço, 16 dos 21 atletas do IBC que representaram o estado do Rio de Janeiro no maior evento mundial para crianças com deficiência em idade escolar entraram na sala de dojô para receber as homenagens da comunidade do Instituto.

Além de parabenizar os atletas, a professora Maria da Glória aproveitou a ocasião para homenagear todos os professores e técnicos responsáveis pelo trabalho realizado em prol do esporte no Instituto Benjamin Constant.  “Esporte é vida; é inclusão.  Afinal, ele proporciona a oportunidade de viajar, conhecer culturas diferentes e de mostrar o nosso potencial.  Hoje vocês são vitoriosos em uma paraolimpíada escolar; mas pensem nos nossos campeões de hoje, que começaram exatamente como vocês.  Que eles os inspirem a seguirem adiante”, disse Glorinha.

O professor Luigi ressaltou a importância do esporte na vida dos alunos. “Quanta coisa é possível aprender através do esporte.  Uma delas é que com dedicação é possível vencer.  Sim, vocês podem!”, concluiu.

O coordenador de esportes do IBC, Fábio Brandolin, cumprimentou os alunos e agradeceu o apoio dos pais.  “A gente sabe que sem o empenho de vocês não conseguiríamos obter tão bons resultados no esporte “, disse o professor, acrescentando que o IBC foi a instituição de ensino que participou com o maior número de atletas no estado do Rio de Janeiro — 21 dos 84 da delegação fluminense —, tendo conquistado 13 medalhas de ouro, 9 de prata e 12 de bronze.  

Apesar da excelente performance dos atletas do IBC, o Rio de Janeiro terminou a competição em 11º lugar no campeonato, realizado entre os dias 18 e 23 de novembro, na capital paulista.  “A razão pela qual o Rio ficou nessa posição do ranking foi a pequena delegação que o estado levou para esses jogos”, explicou Fábio.  Para se ter uma ideia, São Paulo, o estado que ficou em primeiro lugar em medalhas, participou da competição com 188 atletas - 104 mais que o Rio. 

Para a atleta Kailany de Souza (natacão), do 8º ano e estreante em competições fora do estado do Rio, viajar para participar de uma competição desta importância foi uma experiência inesquecível.  “Foi ao mesmo tempo tenso e emocionante.  Não sei explicar com palavras, mas só sei que foi muito bom”, disse Kailany, que conseguiu o feito de  voltar  pra casa com três medalhas de ouro.  De uma coisa ela tem certeza: seu futuro estará no esporte.  “Pretendo me preparar cada vez mais para trazer outras medalhas como essas”, completou.

Outro que não vai esquecer esta paralimpíada é Thiago da Silva Pimentel, que conquistou uma medalha de ouro e duas de prata no atletismo.  “Eu me senti muito bem em estar ali participando, junto de meus colegas”, disse o atleta, que também cursa o 8º ano no IBC.

“Estou me sentindo realizada por estar aqui, prestando esta homenagem aos nossos filhos”, disse a presidente da APAR, Patrícia Vilares que, no ano que vem, pretende caprichar na recepção dos atletas.  “Se Deus quiser, vamos recepcioná-los, na chegada, com uma banda de música”, concluiu.

registrado em:
Fim do conteúdo da página