Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser! Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Henrique Fraenkel Beviláqua

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 
Publicado: Quarta, 09 de Setembro de 2020, 19h19 | Última atualização em Segunda, 09 de Novembro de 2020, 13h16 | Acessos: 409

Existe pouquíssima referência ao diretor que sucedeu a médica psiquiatra Ophélia Guimarães na Direção-Geral do IBC.  Pelas pequenas notas publicadas nos jornais da época sabe-se apenas que ele era formado em engenharia, e bisneto do terceiro diretor do IBC, Benjamin Constant (seus pais, Valter Carlos de Magalhães e Araci Constant Bevilacqua Fraenkel, eram ambos netos de Benjamin Constant).

Henrique Frankael Bevilácqua foi nomeado em 24 de novembro de 1953. No dia seguinte à nomeação é publicado o Decreto nº 34.700, aprovando o novo regimento do IBC que, apesar de manter as finalidades institucionais, alterou a sua organização, que passou a ser estruturada da seguinte forma:

Já no final da sua gestão é aprovado, pelo Decreto nº 34.700 o novo regimento do IBC que, apesar de manter inalterados os termos e as finalidades do anterior, de 1943, traz mudanças na organização da instituição, que passaria a ter a seguinte estrutura:

I – Seção de Educação e Ensino

II – Seção de Medicina e Pesquisas sobre a Cegueira

III – Seção de Cursos

IV – Seção de Publicações para Cegos

V – Imprensa Braille

VI – Seção de Radiodifusão Educativa

VII – Seção de Disciplina e Assistência ao Aluno

VIII – Seção de Serviço Social

IX – Seção de Administração  

Em agosto de 1954, por causa da morte de Getúlio Vargas, com a posse do vice-presidente Café Filho e a tradicional mudança dos titulares de todos os dirigentes de órgãos estatais, Henrique Fraenkel foi exonerado do cargo, após nove .  Ficou apenas nove meses no cargo, sendo sucedido  pelo ex-prefeito de Florianópolis em dois mandatos, ex-deputado estadual e deputado federal constituinte de Santa Catarina, o advogado Rogério Vieira. 

Fim do conteúdo da página