Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Cursos de extensão > Oficina de Áudio-descrição – Turma 3
Início do conteúdo da página

Oficina de Áudio-descrição – Turma 3

Publicado: Quarta, 14 de Setembro de 2016, 15h12 | Última atualização em Quinta, 06 de Julho de 2017, 09h39 | Acessos: 521

Público: Pessoas com e sem deficiência visual interessadas em conhecer o recurso da áudio-descrição.


Ementa: O objetivo desta oficina é sensibilizar o público participante sobre a importância do recurso da áudio-descrição, visando despertar o interesse dos participantes para ingressarem em cursos de formação na área da áudio-descrição.

Carga horária total: 8 horas/aula.

Pré-requisitos: não possuir cursos na área de áudio-descrição, ter Ensino Médio completo; domínio da Língua Portuguesa (falada e escrita); conhecimentos básicos de editor de texto (Microsoft Word, OpenOffice.org Writer, BrOffice Writer, etc.)

Nº de vagas: 25, sendo 05 reservadas para pessoas com deficiência visual.

Data: 09/08/2017.

Horário: de 8:30 h às 16:30 h.

Período de pré-inscrição: de 08/05 a 09/06/2017.

Documentos obrigatórios: 
Ficha de Pré-Inscrição preenchida na íntegra
Documento de identidade
Certificado de conclusão do Ensino Médio.

Leitura obrigatória: Orientações gerais para pré-inscrição nos cursos e outras informações importantes

ATENÇÃO: não será oferecido alojamento!

Para certificação: 100% de frequência e entrega à DCRH da avaliação de reação/satisfação preenchida.

Professora: Nadir da Silva Machado

Breve currículo: Especialista em Áudio-descrição pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF/2015). Especialista na área da deficiência visual pelo Instituto Benjamin Constant (IBC/1982), graduada em Pedagogia (Centro de Ciências Humanas e Sociais Instituto Isabel/1980), professora de ensino básico, técnico e tecnológico do IBC desde 1994, presidente da Comissão de Áudio-descrição do IBC, certificada pelo curso Imagens que falam (2012) e Áudio description Associates, LLC (2015).

Programa:
1. O que é a áudio-descrição, quem é o áudio-descritor e o papel do consultor no processo da áudio-descrição;
2. Principais diretrizes da áudio-descrição;
3. Atividades práticas – elaboração de roteiros para imagens estáticas e dinâmicas. 

Fim do conteúdo da página