Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Notícias

Serviço médico do IBC vai passar a fazer parte da rede de hospitais universitários federais

O protocolo de intenções foi assinado ontem (8), em solenidade realizada no Ministério da Educação, em Brasília.

  • Publicado: Quinta, 09 de Agosto de 2018, 15h00
  • Última atualização em Quinta, 09 de Agosto de 2018, 15h49
  • Acessos: 439

 

O Ministro da Educação, Rossiele Soares, o presidente da Empresa Brasileira de Servicos Hospitalares, Kléber Morais, e o diretor-geral do Instituto Benjamin Constant, João Ricardo Melo Figueiredo, assinaram o documento que desencadeia uma série de providências a serem tomadas para transformar o serviço oftalmológico do  IBC em uma das unidades da rede que controla e administra os hospitais universitários federais. 

Ao passar a fazer parte desta rede, o Instituto terá condições de regularizar de uma vez por todas o atendimento médico-oftalmológico que presta, há décadas, à população do estado do Rio de Janeiro.  "Temos agora 120 dias para atender às novas demandas administrativas da EBSERH, cujos técnicos farão visitas ao Instituto para nos auxiliarem na adequação da estrutura que temos hoje às exigências do MEC para podermos assinar o contrato com a empresa", explicou o diretor-geral do IBC.

João Ricardo informou também que o fato de passar a pertencer à Rede EBSERH não significa  o fim de parcerias com outras instituições de ensino e de saúde, como a que mantém com o Hospital Universitário Gaffrée e Guinle, com o qual o IBC realizou, em  março desse ano, um mutirão para realização de cirurgias de catarata.  A iniciativa  reduziu em 60% a fila de espera por este tipo de cirurgia  no IBC.  

Segundo o diretor, todas as ações que visarem ao bem comum e à melhoria da qualidade de vida das pessoas com deficiência visual serão sempre bem-vindas.  " Esperamos, até o final deste ano, estar com a situação burocrática resolvida e as adequações técnicas implementadas para podermos continuar e - mais do que isso - aperfeiçoar a formação de excelência aos nossos médicos residentes e garantir um atendimento digno à população", completou.

Com a entrada do Benjamin Constant na Rede EBSERH, o atendimento público em saúde passará a ser 100% através do Sistema de Regulação do Ministério da Saúde (SISREG).  Contudo, de acordo com o diretor-geral, não haverá qualquer mudança na assistência médica aos alunos e reabilitandos.

Integração 

Além de tratar desse e de outros assuntos relativos ao IBC no Ministério da Educação, João Ricardo está em Brasília participando do Conecta IF - um evento promovido pela Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, que vai até amanhã (10).

Realizado pelo Instituto Federal de Brasília, o evento tem  o objetivo de promover o intercâmbio cultural e científico entre alunos e servidores de todos os institutos federais de educação do País.  

Pelo terceiro ano consecutivo, o IBC participa do evento com palestras sobre questões que envolvem o aprendizado das pessoas cegas e com baixa visão. Ontem, o diretor do Instituto ministrou a palestra "Desafios da inclusão dos alunos com deficiência visual na escola" .  

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página