Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Notícias

Direção-Geral do IBC celebra novo regimento e empossa diretora do novo departamento da Instituição

A solenidade foi hoje (9) de manhã, no Teatro Benjamin Constant.

  • Publicado: Segunda, 09 de Abril de 2018, 12h31
  • Última atualização em Quarta, 09 de Maio de 2018, 12h31
  • Acessos: 1582
imagem sem descrição.

 

A comunidade acadêmica lotou o teatro para comemorar as mudanças que vão permitir que o IBC passe a oferecer ensino médio profissionalizante, além de cursos de especialização, mestrado e doutorado. 

O novo regimento foi assinado pelo MEC no último dia 3 e é fruto de um esforço desta e de gestões anteriores para ampliar as competências do Instituto e, consequentemente, contribuir de forma mais efetiva à inclusão social das pessoas com deficiência visual.  

Além da equipe da Direção-Geral, a solenidade contou com a participação do deputado federal Otávio Leite, cuja atuação tem sido fundamental para a aproximação do Instituto das instâncias superiores do Ministério da Educação. 

O diretor-geral do Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines), Marcelo Cavalcanti, e a professora Cristina Delou, do curso de Mestrado Profissional em Diversidade e Inclusão da Universidade Federal Fluminense (UFF) também vieram prestigiar a solenidade que teve clima de comemoração.  "Temos que comemorar muito hoje e, amanhã, trabalharmos duro para que possamos aumentar ainda mais a credibilidade e o respeito que esta instituição merece", disse o diretor-geral do IBC, ao concluir o discurso no qual compartilhou com a plateia todos os passos que foram dados para que o regimento fosse enfim alterado.  

 

 O novo departamento

O recém-criado Departamento de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão (DPPE) é fruto da divisão do Departamento Técnico Especializado (DTE) e funcionará no mesmo prédio que ele, atualmente em obras.  Enquanto que o DTE abrigará as Divisões de Imprensa Braille e de Produção de Material Especializado (DPME), o DPPE ficará com a Divisão de Pós-Graduação e Pesquisa (DPP), antiga DDI, e com a Divisão de Extensão e Aperfeiçoamento (DEA), antiga DCRH.

De acordo com o diretor-geral do IBC,o novo departamento já conta com os respectivos servidores técnico-administrativos e docentes.   " O próximo passo agora é escolhermos os cursos que iremos oferecer", completou o professor João Ricardo.  

 

A diretora do DPPE

A professora Elise de Melo Borba Ferreira é graduada em Letras Português - Literaturas / Licenciaturas, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com especialização em Educação Especial, pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio) e mestrado em Educação pela Universidade Estácio de Sá (UNESA).

Ingressou no Instituto Benjamin Constant através de concurso público, realizado no ano de 1984, onde passou a atuar como professora do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico, tendo assumido também a função de assessora da Direção-Geral da Instituição.  Há mais de 10 anos a professora Elise vinha se dedicando ao projeto de transformar o IBC num centro de formação de profissionais em nível de pós-graduação - desafio vencido na semana passada quando participou  do ato  assinatura do novo regimento do IBC, em Brasília.

"Sei que temos um grande desafio pela frente: estruturar a extensão, os cursos de pós-graduação, incentivar a pesquisa, dentre outras providências.  Portanto, será preciso um esforço a mais e o apoio de todos para que os anos de expectativa não tenham sido em vão e a nossa instituição possa se sustentar frente aos desafios da contemporaneidade", disse ela, emocionada, na solenidade de hoje.

Veja mais fotos da solenidade.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página